Keyboard ALT + g to toggle grid overlay

Commonwealth Engineers recupera liderança com 3D

Se há algo que qualquer empresa teme, seja ela grande ou pequena, é chegar em segundo lugar.

E foi exatamente isso o que aconteceu com a Commonwealth Engineers, que perdeu um negócio de mais de US$ 100 milhões envolvendo um projeto de engenharia e construção para uma empresa de âmbito nacional. Como consequência, eles decidiram mudar radicalmente, para que fatos desse tipo não se repetissem.

A Commonwealth Engineers é uma empresa de pequeno porte, com três escritórios em Indiana. Seu foco de atuação são projetos na área de água e esgotos no próprio estado. Durante anos, eles usaram desenhos 2D do AutoCAD, até que, um dia, perderam o tal projeto de milhões de dólares. Quando indagaram o motivo, o cliente respondeu que a empresa concorrente tinha recursos 3D e a Commonwealth Engineers, não. O aviso soou alto e claro: estava na hora de mudar para 3D, para aumentar a competitividade.

actiflo-bldg
actiflow-building04

“O presidente da empresa, Al Stong, apoiou totalmente a implementação do formato 3D, desde o software até o treinamento, recursos financeiros e o que mais foi preciso”, disse Josh Wheatley, projetista e gerente de CAD da Commonwealth Engineers. “Seu apoio foi incondicional, até porque ele sabia, desde o primeiro momento, por que nós havíamos perdido aquele projeto.”

Hoje, o escritório da empresa em Fort Wayne usa o AutoCAD Civil 3D 2017 em praticamente todo o trabalho de projeto, e os outros usam uma combinação de AutoCAD Civil 3D e AutoCAD. Todos os softwares Autodesk são obtidos por assinatura, e o acesso às mais recentes atualizações é um dado que muda o jogo. “É só fazer o download, e pronto”, diz Wheatley. “A Autodesk fez um trabalho excelente ao facilitar o acesso do usuário a atualizações e novas versões.”

Hoje, a Commonwealth Engineers também usa os softwares AutoCAD, AutoCAD Plant3D, Revit e Navisworks em projetos de algumas plantas maiores. Grande parte do uso do software acontece no projeto, e podemos escolher o produto Autodesk mais adequado. Para um projeto de ramal principal de esgotos ou de abastecimento de água, o AutoCAD Civil 3D é melhor; já em uma rede de esgotos de grande porte, o AutoCAD Plant 3D e o Revit funcionam perfeitamente.

crown-point

Adaptação à curva de aprendizado

Definitivamente, a mudança da Commonwealth Engineers para 3D foi um projeto ambicioso, que não aconteceu sem algumas curvas de aprendizado.

“Quando decidimos mudar, eu era 'o cara' do CAD na empresa, sem grande envolvimento com a área de administração ou de projeto”, conta Wheatley. “Mas o nosso presidente me pediu para assumir a tarefa e fazer as coisas acontecerem. Nosso revendedor Autodesk, a IMAGINiT, teve papel importantíssimo nesta história.”

nappanee

Quando Wheatley começou a avaliar as opções, procurou logo descobrir o que funcionaria melhor para a empresa. Naquele momento, até onde ele sabia, apenas outra empresa em Indiana, de maior porte e âmbito nacional, fazia modelagem 3D. Ele percebeu que ali havia recursos materiais e humanos para implementar e criar conteúdo personalizado. Mas, para a Commonwealth Engineers, esse era um grande problema: eles não tinham tempo para sentar e criar todo esse conteúdo.

“O AutoCAD Plant 3D funcionou muitíssimo bem para nós, em função dos catálogos já criados com o equipamento e a tubulação”, diz Wheatley. “E foi o que optamos por usar. Fiz um treinamento de uma semana, oferecido pela IMAGINiT, em conceitos básicos. Naquele momento, havíamos acabado de incorporar o projeto de uma nova instalação de tratamento, que usei como piloto para aprender o Plant 3D. Em seguida, fiz outra aula de conceitos básicos, desta vez do Revit, pois grande parte da equipe, da área de estrutura à arquitetura, mecânica e elétrica, atualmente usa o Revit. Agora, podemos criar um modelo e todos são beneficiados, pois conseguem usar o mesmo recurso ao mesmo tempo.”

actiflo-bldg-1

Descoberta dos benefícios do 3D

Além de atingir seu objetivo de diferenciar-se da concorrência, a Commonwealth Engineers teve outros benefícios claríssimos com a mudança para 3D.

“Sem dúvida alguma, os dois maiores benefícios se resumem na capacitação em construção e marketing”, afirma Wheatley. “Podemos criar o layout de uma instalação, das tubulações, e temos um modelo que nos permite observar com clareza os conflitos, antes da fase de construção. Conseguimos solucionar vários problemas antes que a empreiteira os percebesse.

actiflo-bldg-1

“E, desde então, já tivemos várias oportunidades e propostas de projetos totalmente baseados em modelos 3D”, prossegue ele. “Para mim, pegar um laptop, um projetor e fazer uma apresentação visual das instalações do cliente, junto com ele e dentro do modelo, foi uma experiência incrível. Ela ampliou a visão do cliente, possibilitando mais vias de esclarecimento de dúvidas e troca de ideias do que a mera observação de um desenho em um papel.”

Prepare-se para uma nova maneira de pensar

Embora a Commonwealth Engineers já esteja há cinco anos neste processo de transformação e mudança para 3D, o trabalho continua, pois eles seguem treinando cada vez mais adeptos fervorosos do AutoCAD 2D, preparando-os para o ingresso no mundo do AutoCAD Civil 3D do AutoCAD Plant 3D, do Revit e muito mais. Wheatley tem alguns conselhos para aqueles que estão prontos para o mergulho no mundo 3D.

lowell

“Nestes vários anos de Autodesk University, falei a muitas pessoas sobre este tema”, relembra Wheatley. “Em primeiro lugar, paciência é essencial; além disso, você precisa, de fato, pesquisar, se preparar e se organizar. Trabalhando em uma empresa pequena, eu fui encarregado de realizar e implementar esse trabalho, e a mudança foi radical. Mas ela não aconteceu só comigo, pois o êxito do processo se deveu à ajuda de todos os envolvidos.

ls-313

“Os modos de impressão em um desenho diferem, e é preciso criar fluxos de trabalho diferentes” prossegue ele. “Como projetista, você tem que ser capaz de projetar uma instalação e pensar além, ultrapassando o plano e o corte, revisando e integrando tudo em seus desenhos. Trata-se de uma cultura totalmente diferente, que demanda prontidão.”

Considerando-se o sucesso da Commonwealth Engineers desde o início dessa implementação, estamos diante de uma mudança cultural que vale o esforço.

indy-office

Dê o próximo passo!

Encontre a opção de assinatura que melhor se adequa à sua necessidade.

Solicite um contato

Veja os preços

Autodesk, Inc. • 111 McInnis Parkway • San Rafael, CA 94903

Autodesk, o logo da Autodesk, AutoCAD, AutoCAD LT, TrustedDWG são marcas registradas ou marcas comerciais da Autodesk, Inc., nos EUA e/ou em outros países. Todos os outros nomes de marcas, nomes de produtos ou marcas comerciais pertencem a seus respectivos proprietários. A Autodesk reserva-se o direito de alterar ofertas de produtos e serviços, especificações e preços a qualquer momento, sem aviso prévio, e não se responsabiliza por erros tipográficos ou gráficos que possam ocorrer neste documento.