• Brasil

    Nós o redirecionamos para uma página equivalente no nosso site local onde você pode ver preços e promoções locais e fazer compras on-line.

    Stay on our U.S. site

Keyboard ALT + g to toggle grid overlay

A LiRo reinventa as possibilidades do projeto civil

Estudo de caso

Compartilhe esta história

VDCO e BIM são primordiais para os projetos do The LiRo Group

A LiRo Goup (LiRo) participou de alguns dos principais projetos executados nos Estados Unidos. Lennart Andersson, diretor do grupo de VDCO da LiRo e sua equipe usam ferramentas líderes na indústria, como Revit, Navisworks, InfraWorks, Civil 3D, ReCap e BIM 360 Ops para ajudar suas equipes de projeto a tomar decisões bem fundamentadas e entregar aos clientes os melhores resultados de projeto possíveis.

Projeto e serviços de construção futuristas

A LiRo fornece soluções de gerenciamento de construção, engenharia e arquitetura. A empresa participou dos principais projetos executados no país, inclusive a reconstrução das áreas de Lower Manhattan e High Line Park, em Nova York, após o atentado de 11 de setembro. O grupo da empresa dedicado a projeto visual, construção e operações (VDCO, Virtual Design, Construction, & Operations) apoia projetos individuais. Mas também pesquisa o desenvolvimento de novas tecnologias para ajudar a manter a empresa no topo do segmento de VDCO e Modelagem de informação da construção (BIM, Building Information Modeling).

Muitas empresas usam BIM para produzir documentação de projeto com maior eficiência e aprimorar sua qualidade. Mas, frequentemente, não compartilham seus modelos BIM com participantes externos dos seus projetos. Os desenhos 2D tradicionais continuam como base da colaboração em projetos, entregas e coordenação multidisciplinar. Mas não na LiRo.

Seus projetos BIM se distinguem pelo trabalho colaborativo e pelo compartilhamento de informações de projeto digitais e de modelos de projeto virtuais. As equipes usam modelos 3D para colaboração, coordenação, visualizações e entregas. O grupo de VDCO da LiRo ajuda os clientes a desenvolver seus padrões BIM, requisitos e contratos, e fornece às equipes suporte com base em projeto. Além disso, os ajuda a desenvolver estratégias de integração e institucionalização de práticas de BIM em toda a organização e em suas cadeias de suprimento.

“Muitas aulas de BIM ensinam as noções básicas de documentação e modelagem 3D, mas o BIM vai muito além da simples modelagem. Ajudamos nossos clientes a entender como usar todo o potencial do BIM, desde as fases de projeto e construção, até o gerenciamento de operações e a manutenção.”

 

Lennart Andersson, Diretor de VDCO, The LiRo Group

Captura de imagem opcional

East Side Access

Um dos atuais trabalhos de BIM da LiRo é o East Side Access, em Nova York. Este é, no momento, o maior projeto de infraestrutura do país. Quando concluído, ele conectará trens de Long Island e do Queens à estação Grand Central, em Manhattan. O projeto inclui mais de 12 km de túneis e uma área do tamanho de oito quarteirões com várias plataformas ferroviárias situada 45 metros abaixo da estação Grand Central.

Este projeto vem se desenvolvendo há décadas. O esforço de projeto original começou nos anos 1960, com o trabalho totalmente feito em papel. Após várias paradas e retomadas, o projeto foi concluído com o uso de ferramentas CAD 2D, no início dos anos 2000.

A construção começou logo depois e ainda está em andamento. A LiRo integra um empreendimento conjunto que está prestando serviços de gerenciamento de construção. Várias empreiteiras estão trabalhando em diferentes partes do projeto, divididas em 25 contratos, e o projeto compreende cerca de 100 mil desenhos, o que torna o gerenciamento da construção um desafio. “Era como ver o projeto pelo buraco da fechadura”, diz Andersson. “Não dava para ter uma visão do todo”.

Modelagem de um megaprojeto

Em 2012, ao perceber os desafios representados pelo projeto East Side Access, a empresa New York Metropolitan Transit Authority (MTA) solicitou que o grupo de VDCO da LiRo demonstrasse como usou o BIM na Linha 7 do metrô, um projeto anterior da empresa. Depois dessa reunião, a MTA contratou o grupo para mudar todo o projeto East Side Access para o formato BIM.

A conversão de um megaprojeto como o East Side Access em BIM não foi feita da noite para o dia. O grupo de VDCO usou o Revit para modelar todo o projeto com base nos desenhos de construção originais, desenvolvendo mais de 125 modelos interconectados.

Para maximizar a precisão dos seus modelos, a LiRo digitalizou algumas instalações já existentes, como o Madison Yard, que abrigará uma nova área de passageiros. “Só com essa iniciativa, encontramos cerca de 400 problemas que precisaram ser resolvidos antes da construção, poupando para a MTA um volume enorme de tempo de retrabalho e dinheiro”, comenta Andersson.

"Somente quatro pessoas criaram este enorme modelo do projeto”, diz Andersson. “Levamos dois anos, mas é impressionante quando pensamos no escopo do projeto: 100 mil desenhos, 25 contratos, milhares de trabalhadores e um custo de US$ 12 bilhões.”

“Nosso grupo foi formado em 2010 para ser um catalisador da mudança na LiRo, implementando práticas de VDCO em toda a empresa e transformando-a em líder no segmento BIM. O caminho foi longo, mas planejamos ir muito, muito além. As possibilidades de projeto, construção e operações com recursos virtuais estão só começando.”

—Lennart Andersson, Diretor de VDCO, The LiRo Group

 

Pensamento inovador

A LiRo usa BIM em todos os seus principais contratos de gerenciamento de projeto e construção, e continua expandindo e inovando suas práticas, ampliando suas atividades em BIM e aproveitando plenamente as várias ferramentas da Architecture, Engineering & Construction Collection da Autodesk.

Por exemplo, eles usam o InfraWorks para ajudar as equipes de projeto de infraestrutura no contexto da vida real. A empresa usa outras ferramentas para produzir experiências de realidade virtual e tecnologias de realidade mista para criar hologramas de modelos de projeto para simulações virtuais de projetos imersivas. Eles estão expandindo seus serviços de digitalização para BIM com o uso de drones equipados com câmeras para verificar o andamento das construções. E a LiRo está readaptando seus modelos para uso no estágio de operações, ajudando os clientes a maximizar a vida útil dos seus ativos.

Pronto para inovar?

A Architecture, Engineering & Construction Collection oferece acesso a um conjunto de ferramentas integradas e fluxos de trabalho avançados, para que você possa ter o melhor desempenho e permanecer competitivo.

Compartilhe esta história